Segundo empresas, a nova lei é reflexo do que já acontece

A Câmara Municipal aprovou por unanimidade a lei em meio a um debate sobre o equilíbrio do perfil historicamente gay da cidade, que mudou a demografia e a aceitação da cultura homossexual em toda Los Angeles

iG Minas Gerais | Noah Smith |

West Hollywood. Antes de passar a portaria que transforma os banheiros em espaço neutro, os legisladores da cidade norte-americana consultaram os líderes de negócios que expressaram preocupação sobre os custos que a exigência poderia acarretar aos restaurantes.  

Esse nível de cooperação se opõe à decisão de 2011 da Câmara Municipal que proibiu a venda de roupas de pele, o que irritou muitos lojistas locais.

“Queríamos que não fosse oneroso para as empresas em termos de reestruturação de custos. Trabalhamos com a cidade para desenvolver planos que oferecem instalações seguras e confortáveis para a comunidade de transgêneros”, disse Keith Kaplan, vice-presidente da Câmara de Comércio de West Hollywood.

A Câmara Municipal aprovou por unanimidade a lei em meio a um debate sobre o equilíbrio do perfil historicamente gay da cidade, que mudou a demografia e a aceitação da cultura homossexual em toda Los Angeles.

No ano passado, essa discussão surgiu quando John Duran, vereador abertamente homossexual, queria que a bandeira do arco-íris fosse retirada da frente da prefeitura, argumentando que os residentes heterossexuais poderiam se sentir desvalorizados. Após estrondosos protestos, houve o compromisso de redesenhar o símbolo da cidade para incluir um esquema de cores do arco-íris.

Para muitas empresas sediadas em West Hollywood, a portaria simplesmente reflete os fatos. “Em restaurantes movimentados, já é prática comum nos últimos 15 anos que as pessoas usem qualquer banheiro que estiver disponível. Quando há um banheiro único vazio e dez pessoas esperando, é uma coisa que acaba acontecendo naturalmente”, disse Mark Farrell, gerente do Marix, restaurante de comida mexicana, que está no negócio há 30 anos. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave