Cultura do país à mão

Universitária e badalada, cidade é ponto de saída para Cliffs of Moher e Connemara

iG Minas Gerais | Andréa Juste |

Irlanda  Cidade de Galway - Foto Andrea Juste
Irlanda Cidade de Galway - Foto Andrea Juste

Seguindo viagem ainda na costa oeste da ilha, vale conhecer a universitária Galway, cidade modelo da cultura irlandesa, com músicos tocando diariamente nos pubs do centro histórico. Com cerca de 75 mil habitantes, Galway ficou conhecida pelo filme “P.S. Eu Te Amo” – baseado no livro homônimo da escritora irlandesa Cecelia Ahern –, no qual o personagem de Gerard Butler interpreta a música “Galway Girl”.

A cidade ainda é um excelente ponto de saída para passeios turísticos, como Cliffs of Moher (€ 25 ou R$ 82), Parque Nacional de Connemara (€ 25 ou R$ 82) e Aran Islands (€ 32 ou R$ 105). Os cliffs (penhascos) foram cenário de diversos filmes, como a comédia romântica “Casa Comigo?”. Esses passeios incluem paradas estratégicas em ruínas, castelos e antigas mansões, hoje

Entre as empresas de passeios de um dia pelo interior da Irlanda, estão Irish Day Tours, Paddywagon Tours e Galway Tour Company. Há desconto na compra de mais de um passeio.

Questão político-religiosa

Católicos: Após domínio da Inglaterra, a República da Irlanda (Eire) se tornou independente em 1922, motivada por fatores étnicos e religiosos que geraram diversos conflitos pelo país.

Protestantes: A Irlanda do Norte (Ulster), que segue ligada ao Reino Unido, tem predomínio de protestantes, e a República da Irlanda tem maioria católica.

Conflitos: Mesmo após a independência, havia ainda a insatisfação da minoria católica em Ulster, o que gerou conflitos armados, como o Exército Republicano Irlandês (IRA, católico e pró-independência) e os movimentos unionistas (protestantes). 

Autonomia: Foi então que, em 1998, o Acordo de Ulster concedeu maior autonomia ao país. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave