Com problemas, Massa perde 2º treino na Austrália; Mercedes lidera

Na primeira sessão de treino livre, o piloto brasileiro havia cravado o sétimo melhor tempo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A temporada de 2015 não começou como Felipe Massa esperava. Depois de uma pré-temporada sem problemas em seu Williams, o piloto brasileiro teve uma falha na unidade de potência do FW37, que o impediu de participar da segunda sessão de treinos livres para o GP da Austrália de F-1, que será disputado neste domingo (15), a partir das 2h (de Brasília).

"Pelo menos eu tive este problema em um treino que não vale nada, e é melhor que tenha acontecido agora do que na primeira curva da corrida. O que aconteceu foi um vazamento de água em um dos tubos do motor que ia demorar muito tempo para consertar e acabei tendo de ficar de fora do treino", afirmou Massa, que na primeira sessão cravou o sétimo melhor tempo -Nico Rosberg foi o mais veloz nos dois treinos desta sexta-feira (13) em Melbourne, ambos na frente de seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton.

Pela manhã, Massa completou apenas 19 voltas, o que não ajudou muito em sua preparação para o treino que, neste sábado (14), às 3h (de Brasília), define o grid de largada da primeira corrida da temporada, em Melbourne.

"Eu dei poucas voltas, mas pelo menos acho que deu para entender um pouco a pista e como nosso carro está se comportando aqui. De qualquer forma, nunca é bom perder um treino".

Tendo acompanhado o treino da tarde nos boxes da Williams, o piloto brasileiro disse ter podido ter uma ideia melhor de como estará a concorrência no resto do final de semana em Melbourne.

"Deu para perceber que estamos em uma boa posição, mas ainda longe da Mercedes. A Ferrari se mostrou muito competitiva, com a Red Bull um pouco mais para trás. Mas temos que ficar atentos, que tudo pode mudar amanhã".

MANOR

Depois de correr para salvar a equipe e conseguir viajar para Melbourne para a abertura do Mundial de F-1, a Manor, ex-Marussia, não conseguiu colocar seus carros na pista nesta sexta. Problemas de software impediram que Roberto Merhi e Will Stevens, os pilotos da equipe, deixassem a garagem, e o time não sabe dizer se estará em condições de ir à pista neste sábado, quando acontece o treino que define o grid de largada da prova de abertura do Mundial.

"Tivemos uma série de problemas, nenhum deles na verdade chegou a ser uma surpresa se considerarmos a quantidade de trabalho que tivemos de fazer para aprontar o time para vir para cá em um período tão curto de tempo", afirmou Graeme Lowdon, CEO da Manor.

"Estamos tentando ao máximo resolver estes problemas, mas literalmente estamos encarando uma sequência deles e temos de resolver um depois do outro para tentar colocar os carros na pista o quanto antes", completou o dirigente.

A Manor não esteve em nenhuma das três sessões de testes da pré-temporada realizados na Espanha e, como teve pouco tempo para se preparar para o GP da Austrália, o time trouxe carros de 2014 modificados para estarem dentro do regulamento para Melbourne.

Os motores, também do ano passado, são fornecidos pela Ferrari. No ano passado, quando ainda era Marussia, o time não disputou as três últimas corridas do campeonato depois de ter sido colocado sob administração judicial.

Duas semanas atrás, depois de encontrar um novo investidor, a Manor anunciou que iria disputar o Mundial deste ano após sair da administração judicial.

Confira os tempos do segundo treino livre para o GP da Austrália:

1 - Nico Rosberg - Mercedes - 1min27s697 2 - Lewis Hamilton - Mercedes - 1min27s797 3 - Sebastian Vettel - Ferrari - 1min28s412 4 - Kimi Raikkonen - Ferrari - 1min28s842 5 - Valtteri Bottas - Williams - 1min29s265 6 - Daniil Kvyat - Red Bull - 1min30s016 7 - Carlos Sainz Jr - Toro Rosso - 1min30s071 8 - Pastor Maldonado - Lotus - 1min30s104 9 - Romain Grosjean - Lotus - 1min30s205 10 - Nico Hulkenberg - Force India - 1min30s473 11 - Felipe Nasr - Sauber - 1min30s755 12 - Sergio Perez - Force India - 1min30s980 13 - Jenson Button - McLaren - 1min31s387 14 - Max Verstappen - Toro Rosso - 1min31s395 15 - Marcus Ericsson - Sauber - 1min32s303 16 - Kevin Magnussen - McLaren - 1min33s289

Leia tudo sobre: problemasmassaperdetreinoformula 1segundoaustralia