Donizete se revolta: "Pior começo de ano desde que eu cheguei"

Derrota para a Caldense deixou o Atlético na quarta colocação do Campeonato Mineiro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Donizete, que recebeu camisa por ter completado cem jogos pelo Galo, não enfrentará o Tricolor
BRUNO CANTINI/ DIVULGAÇÃO ATLÉTICO
Donizete, que recebeu camisa por ter completado cem jogos pelo Galo, não enfrentará o Tricolor

O Atlético luta para tentar encaixar a equipe neste começo de 2015 e sofreu mais uma derrota no Campeonato Mineiro: 1 a 0 para a Caldense, em Poços de Caldas. Depois de sofrer o revés no interior mineiro, o volante Leandro Donizete mostrou toda sua revolta com o momento da equipe.

No Galo desde o começo de 2012, o meio-campista aponta que este é o pior começo de ano desde sua chegada. Donizete ressalta que o time alvinegro tem de agora vencer de qualquer maneira a URT no próximo domingo para chegar com moral no duelo do dia 18 contra o Santa Fe-COL, em Bogotá, pela Copa Libertadores.

"Campo encharcado e a gente precisava de uma referência lá na frente. Deu tudo errado. A gente não pegava nenhuma segunda bola. Tem de evoluir muito ainda. Esse começo de ano é o pior desde que eu cheguei. Não conseguimos fazer nada, nenhuma tabela. Domingo agora é ganhar no domingo", afirmou.

"Temos de pensar no Mineiro; depois vamos pensar na Libertadores. Temos de fazer o nosso papel para ganhar moral. Libertadores está mais difícil ainda, mas temos de lugar até o final", completou. Com o resultado, o Atlético ficou na quarta colocação ao fim da sétima rodada. Já a Veterana terminou na vice-liderança, dois pontos abaixo do líder Cruzeiro.

Leia tudo sobre: atleticogalocaldensedonizeterevolta2015