Passageiros de Lagoa Santa vão para a estação Vilarinho

Decisão, anunciada nesta quinta-feira (12), afeta 30 mil passageiros e deve acontecer em quatro semana

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

Passageiros de Lagoa Santa vão para a estação Vilarinho
Setop/Divulgação
Passageiros de Lagoa Santa vão para a estação Vilarinho

Após mais de dois meses de queixas, moradores de Lagoa Santa, na região metropolitana, passarão a utilizar o terminal Vilarinho, em Venda Nova, na capital, e não mais o Morro Alto, em Vespasiano, para acesso ao Move. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (12), em reunião entre a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e a Prefeitura de Lagoa Santa. A mudança, que afeta duas linhas e 30 mil passageiros, deve acontecer em quatro semanas.

Desde que foram incorporados ao Move Metropolitano, no dia 30 de dezembro, os moradores reclamam dos transtornos de terem que abandonar linhas diretas para fazer a baldeação em Vespasiano – um desvio que acresce até 40 minutos o tempo de viagem.

“Foi uma notícia excelente. Sabemos que o Move veio para ficar, e agora, com a integração na Vilarinho, teremos mais segurança e mais opções de acesso a outros bairros da capital”, disse o diretor de Transportes e Trânsito de Lagoa Santa, Roberto Félix de Souza.

Segundo a Setop, o prazo de um mês é necessário para realização de ajustes operacionais. Além disso, a linha executiva, que havia sido integrada ao Move, retornará, em duas semanas, ao sistema antigo, indo direto até a rodoviária da capital.

A Setop, que se comprometeu a estudar a viabilidade de implantar um terminal em Lagoa Santa, informou que todo o sistema do Move Metropolitano ao norte da capital está sendo revisto.

Liminar Decisão do Tribunal de Justiça, publicada na última segunda feira, revogou, parcialmente, a liminar que suspendia a operação do Move em Lagoa Santa para o retorno ao sistema antigo de transporte. Na avaliação do desembargador Renato Dresch, não caberia ao Judiciário interferir no funcionamento do sistema integrado.

Mas foi mantida a determinação para que o Estado apresente estudo técnico de viabilidade para implantação de linha de ônibus ligando as rodoviárias das duas cidades e de linhas na madrugada.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave