Após sofrer ofensa racista nas redes sociais, Arouca dá a resposta

Com a repercussão do caso, autor do xingamento excluiu a conta no Twitter

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Desde que assinou com o Palmeiras, em janeiro, o volante ainda não teve oportunidade de fazer a sua estreia
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Desde que assinou com o Palmeiras, em janeiro, o volante ainda não teve oportunidade de fazer a sua estreia

Mais um caso de racismo envolvendo jogadores de futebol tomou as redes sociais na tarde desta quinta-feira. Desta vez, a vítima foi o volante Arouca, do Palmeiras. No Twitter, um torcedor do Santos postou uma mensagem em provocação ao atleta, que esteve em campo na vitória santista sobre a equipe alviverde, nessa quarta-feira, por 2 a 1, na Vila Belmiro. 

Durante o jogo, o ex-jogador do Santos foi o principal alvo das provocações da torcida praiana, que o chamou de "mercenário". 

Nesta tarde, em seu perfil no Twitter, o usuário @marllonne2 postou a seguinte mensagem: 

"Chupa preto safado, fica nesse time ai de segunda!". 

Após perceber a repercussão negativa da postagem, o internauta excluiu a conta dele no microblog. 

Em seguida, Arouca postou uma nota em seu perfil oficial no Facebook sobre o caso. No texto, ele destaca, dentre outras coisas, que faz um ano nesta semana do episódio com o Mogi Mirim, quando o volante também foi vítima de insultos raciais. Na oportunidade, ele foi chamado de "macaco". 

Confira o texto na íntegra: 

"Meus pais sempre me ensinaram a tratar as pessoas com respeito e com humildade. Fico triste e decepcionado por algumas pessoas não terem isso em casa. O preconceito é um mal silencioso, que visa afetar as pessoas, que mostra sua cara de maneira covarde (quando essa cara é mostrada)... independente de qual for: raça, religião, sexo, enfim. Não é à toa que vemos, cada vez mais, casos de depressão e de insegurança entre pessoas que sofrem com isso.

Sinto muito por ter de fazer isso - exatamente na semana que se completou um ano daquele episódio em Mogi, quando eu ainda vestia a camisa que esse garoto veste em sua foto de perfil - mas estou postando aqui para mostrar a vocês a cara de quem pratica esse tipo de ato e, ao mesmo tempo, dizer que essa atitude não me afeta. Só me dá a certeza de que tive uma boa criação e educação em casa.

Suei muito e sacrifiquei muita coisa pra construir a minha carreira e o meu nome. Não vou dar cartaz pra quem quer aparecer em cima disso e dessa forma, apesar de esse sujeito já ter tido seus 15 minutos de "fama". O melhor é não dar espaço. Por isso, deixo claro que esse será meu primeiro e único pronunciamento a respeito desse assunto". 

Leia tudo sobre: AroucaSantosPalmeirasRacismoofensas racistassantos