Líder Rexona pode entrar invicto nas quartas de final

Equipe carioca recebe o segundo colocado, Sesi-SP, podendo chegar a 24 triunfos em suas 24 partidas na primeira fase

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Equipe do Rio de Janeiro não sabe o que é derrota nesta edição da Superliga
Divulgação/CBV
Equipe do Rio de Janeiro não sabe o que é derrota nesta edição da Superliga

Já é certo que o Rexona-Ades-RJ terminará a primeira fase da Superliga feminina como líder e o Sesi-SP será o segundo colocado. Mas o encontro entre os dois melhores times possui um ingrediente diferente nesta sexta-feira, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.

O time carioca tenta encerrar a etapa classificatória de forma invicta. A equipe ganhou as 23 partidas que disputou.

“O Sesi-SP é uma equipe que vem forte nesta reta final de returno. Precisamos imprimir o nosso ritmo desde o começo, além de usar nossa torcida como um ponto a favor”, afirmou a ponta Gabi.

Mas o Sesi quer dar fim à invencibilidade do Rexona. “Não é só a vitória pela vitória, mas vale também para ganhar confiança e corrigir o que pode ser feito para os playoffs”, disse o técnico do Sesi, Talmo de Oliveira. 

Leia tudo sobre: RexonaSesi