Dupla missão no Sul de Minas

Levir Culpi deverá repetir a mesma formação que empatou com o Cruzeiro no domingo

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Repetição. 
Cesinha e Carlos foram mantidos no setor ofensivo do Galo para o jogo de hoje, contra a Caldense, em Poços de Caldas
JOAO GODINHO / O TEMPO
Repetição. Cesinha e Carlos foram mantidos no setor ofensivo do Galo para o jogo de hoje, contra a Caldense, em Poços de Caldas

O Atlético enfrenta a Caldense, nesta quinta, às 19h30, em Poços de Caldas, sob duas frentes. Mais até que a manutenção do posto dentro do G-4 do Campeonato Mineiro diante de um adversário direto, a equipe alvinegra busca aprimorar o entrosamento da equipe já de olho na partida decisiva contra o Independiente Santa Fe, em Bogotá, na Colômbia, na quarta-feira, pela Libertadores.

Se repetir a programação que antecedeu à partida contra o Atlas-MEX – quando escalou reservas diante do América –, o técnico Levir Culpi deve poupar os titulares contra a URT, no próximo domingo. Afinal de contas, o time já embarca para a capital da Colômbia no dia seguinte, ao meio-dia, ou seja, 18 horas depois do fim do confronto no Horto.

De alento, o treinador do Galo terá a oportunidade de repetir a mesma equipe que empatou com o Cruzeiro, no clássico do último domingo. Nem mesmo com a recuperação de Lucas Pratto e Marcos Rocha, que treinaram com o grupo durante a semana, o treinador vai colocá-los em campo. Eles não foram relacionados para a partida desta quinta.

Isso se explica pelo fato de o time ter perdido muitos atletas por lesão nesse início de temporada, o que tem deixado Levir Culpi mais precavido.

Histórico. Levir iniciou a temporada com a dúvida entre Maicosuel e Carlos para escalar a equipe. O segundo foi o escolhido. Assim, nos dois primeiros jogos do ano, contra Shakhtar Donestsk-UCR e Tupi, o treinador conseguiu escalar os mesmos 11 titulares, considerados ideais.

Mas, depois, começaram os problemas médicos. Douglas Santos, Pedro Botelho, Lucas Pratto, Marcos Rocha, Jô, Leonardo Silva e Dátolo se machucaram, obrigando o treinador a mudar a forma de jogar, sem um centroavante fixo, como propôs inicialmente. Dos lesionados, apenas Douglas Santos já retornou ao time principal.

Adversário. Terceiro colocado na tabela, invicto na competição com três vitórias e três empates, a Caldense tem 12 pontos, um ponto a menos do que o Atlético, vice-líder. Para a partida desta quinta, o técnico Léo Condé poderá contar com o meia Éwerton Maradona, recuperado de lesão e que deve compor o banco de reservas da Veterana.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave