Medina é eliminado por interferência em onda de rival irlandês

Decisão foi criticada por Charles, padrasto e treinador do campeão mundial, que aplaudiu ironicamente a arbitragem

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O campeão mundial Gabriel Medina não teve um início de temporada agradável. Na manhã desta quinta-feira, noite desta quarta no Brasil, o brasileiro acabou eliminado em Gold Coast, na Austrália, após perder uma das notas na terceira fase da competição. Ele foi punido ao prejudicar uma das ondas que o irlandês Glenn Hall tinha prioridade.

Com o descarte, Medina atingiu 7,5 pontos, enquanto o irlandês obteve 14,23, as melhores notas da bateria. A decisão foi criticada por Charles, padrasto e treinador de Medina, que aplaudiu ironicamente a arbitragem. Medina saiu da praia de Snapper, da Oceania, sem conceder entrevistas.

Hall tentou explicar o desentendimento com o campeão mundial. "Durante a bateria tivemos um problema e não pude fazer uma onda limpa. Tinha a prioridade e estava remando para a onda, ele me seguiu. Sei que ele tem fãs, é apaixonado, mas assim é o circuito. Temos que manter a calma e o foco", afirmou.

Apesar da eliminação de Medina, o brasileiro Ítalo Ferreira segue na disputa. Ele eliminou o veterano Kelly Slater, na terceira rodada. 

Leia tudo sobre: Gabriel MedinaeliminaçãosurfeGold Coast