Aulas são interrompidas na Faculdade Universo por falta de pagamento

Manifestação programada para esta quarta-feira (11) foi cancelada; professores se reúnem em assembleia para desidir futuro; instituição de ensino se comprometeu em se posicionar sobre caso

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

As aulas na Faculdade Universo, localizada no bairro Floresta, na região Leste da capital, foram suspensas nesta quarta-feira (11) e deverão permanecer assim também nesta quinta (12). A medida foi adotada por professores da instituição de ensino, que afirmam estar com salários atrasados. A faculdade, por meio da sua assessoria de imprensa, se comprometeu em se pronunciar sobre o caso ainda nesta quarta.

Além do não pagamento dos vencimentos de fevereiro, os professores afirmam que a faculdade está descumprindo o acordado firmado na Convenção Coletiva de Trabalho. No encontro, havia sido decidido que a Universo pararia também as férias, o décimo terceiro e os desconto indevido do Imposto de Renda, segundo os profissionais.

Conforme o Sindicato dos Professores (Sinpro Minas), a faculdade se comprometeu em pagar o quinquênio sobre as férias, afirmou que iria resolver o problema do número excessivo de  alunos em salas de aula e que o FGTS seria depositado.

Procurada pela reportagem de O TEMPO, a instituição afirmou já ter enviado um comunicado para os alunos e professores informando sobre a posição da faculdade. A Universo ainda ainda se comprometeu em se posicionar sobre o assunto ainda nesta quarta.

Protesto

Professores e alunos iriam se reunir na porta da faculdade na noite desta quarta, mas decidiram cancelar a manifestação. Os educadores realizam uma assembleia no Sinpro, inciada às 19h, para definir a posição da categoria. 

Leia tudo sobre: FACULDADE UNIVERSOfaculdade