Após desistência de México, Budapeste sediará Mundial de Natação

Capital húngara já se preparava para sediar competição em 2021 e teve grande aceitação na Federação Internacional

iG Minas Gerais | Da redação |

Jessica Cavalheiro defendeu as cores do Fluminense no ano passado
SATIRO SODRE
Jessica Cavalheiro defendeu as cores do Fluminense no ano passado

O Mundial de Natação de 2017 já tem uma nova sede, depois de o México desistir do torneio em vista de sua complicada situação financeira. A cidade de Budapeste, na Hungria, firmou um acordo com a Federação Internacional e realizará a competição.

O anúncio foi feito oficialmente por Cornel Marculescu, diretor executivo da Federação Internacional de Natação (Fina) e Viktor Orbán, primeiro ministro húngaro.

A capital da Hungria apresentou sua candidatura rapidamente após a desistência mexicana, pois se preparava para sediar o Mundial de 2021. A ideia foi bem aceita na Fina e teria sido até uma decisão unânime.

Leia tudo sobre: mundial de nataçãobudapeste2017sedeméxicodeisstêncianatação