Economia do G20 mantém crescimento de 0,9% no último trimestre de 2014

Países onde a economia se mostrou mais dinâmica entre outubro e dezembro do ano passado foram a Índia e a China, que tiveram crescimentos de 1,6% e 1,5%, respectivamente

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Reunião. Com a presidente Dilma Rousseff ao centro, líderes do G-20 se reúnem na Austrália para discutir crescimento global
[CREDITO]Roberto Stuckert Filho/PR
Reunião. Com a presidente Dilma Rousseff ao centro, líderes do G-20 se reúnem na Austrália para discutir crescimento global

O Produto Interno Bruto (PIB) dos países do G20 cresceu 0,9% no último trimestre de 2014, o mesmo ritmo do trimestre anterior, apesar da desaceleração das economias da Índia e da China, informou nesta quarta-feira (11) a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Segundo a organização, o PIB do G20 no último trimestre de 2014 cresceu 3,4% em relação a 2013.

Os países onde a economia se mostrou mais dinâmica entre outubro e dezembro do ano passado foram a Índia e a China, que tiveram crescimentos de 1,6% e 1,5%, respectivamente.

Os dois países, no entanto, registraram desaceleração em relação ao trimestre anterior, quando as taxas de crescimento do PIB da Índia e da China foram 2,2% e 1,9%.

A economia norte-americana avançou, entre outubro e dezembro, 0,5%, bem abaixo da taxa de 1,2% registrada no trimestre anterior.

O conjunto do PIB da União Europeia e da zona do euro aumentou 0,3% no mesmo período.

A Alemanha, a maior economia europeia, cresceu 0,7% entre outubro e dezembro, enquanto o PIB da França, a segunda maior potência económica da europa, avançou 0,1% e o de Itália registrou crescimento nulo.

O PIB do Reino Unido, que não partilha a moeda única europeia, avançou 0,5% no último trimestre de 2014.

A atividade econômica no México avançou no último trimestre do ano passado 0,7%, acelerando em relação ao período anterior, quando tinha crescido 0,5%.

Leia tudo sobre: g20economiadilmaíndiachinaPIB