Para Ancelotti, Real jogou tão mal que é difícil explicar

Merengues saíram derrotados por Schalk 04 em pleno Santiago Bernabéu e só avançaram pela vantagem conquistada no primeiro jogo

iG Minas Gerais | AFP |

Ancelotti reafirmou sua confiança na equipe titular
Real Madrid/Divulgação
Ancelotti reafirmou sua confiança na equipe titular

O técnico do Real Madrid, o italiano Carlo Ancelotti, declarou nesta terça-feira, depois da equipe perder por 4 a 3 no Santiago Bernabéu diante do Schalke e só conseguir a classificação às quartas por ter vencido na ida (2-0), que o time jogou tão mal que é difícil explicar.

"Jogamos tão mal que é até difícil de explicar. É claro que sinto muito, não é bom para a imagem do clube. As vaias são merecidas e vão nos motivar para as próximas partidas", declarou em coletiva de imprensa.

O Real Madrid ficou perto da eliminação, mas o Schalke, que precisava de só mais um gol, acabou esbarrando em Iker Casillas, que salvou o Real duas vezes nos últimos minutos do jogo.

"Sigo confiante nesta equipe e neste elenco, porque sei o que pode render, mas não está conseguindo. Temos que trabalhar mais, nos concentrar mais, fazer tudo melhor", lamentou Ancelotti.

Entre os pontos positivos do duelo, o técnico destacou a volta do croata Luka Modric, que entrou no segundo tempo depois de três meses afastado por lesão.

"A presença de Luka nos deu mais controle da bola, mais posse, mais eficiência... Não podemos pedir muito a ele porque está fora há três meses. Ele foi bem, mas precisamos ter cuidado", concluiu.