Vídeo do EI mostra suposta morte de 'espião israelense' por criança

Em fevereiro, o pai de Musallam havia negado que o filho, capturado pelo EI, trabalhasse para a inteligência israelense

iG Minas Gerais | Folhapress |

Estado Islâmico executa suposto espião israelense
Reprodução YouTube
Estado Islâmico executa suposto espião israelense

A milícia radical Estado Islâmico divulgou nesta terça-feira (10) um vídeo em que uma criança supostamente mata Muhammad Musallam, um israelense de origem árabe acusado pela milícia de atuar como espião do serviço de inteligência israelense Mossad.

O vídeo mostra Musallam, 19, vestindo um uniforme laranja, dizendo como teria sido recrutado e treinado pelo serviço de inteligência israelense. Em seguida, ele é executado por uma criança com um tiro na cabeça.

Em fevereiro, o pai de Musallam havia negado que o filho, capturado pelo EI, trabalhasse para o Mossad. "Meu filho é inocente", disse. "A milícia o acusa porque ele tentou fugir".

Autoridades israelenses confirmaram estarem cientes do vídeo mas não deram mais detalhes. A autenticidade do vídeo ainda não foi confirmada.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave