Dupla é presa suspeita de matar homem em acerto de contas no Barreiro

Crime foi motivado por uma disputa de ponto de tráfico; suspeitos vão responder por homicídio duplamente qualificado

iG Minas Gerais | Da redação |

Estão presos no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte, os dois homens suspeitos da morte de um traficante que atuava na região do Barreiro, em Belo Horizonte.

O crime aconteceu no dia 12 de novembro de 2013, no bairro Olhos D’Água. As investigações conduzidas pelo delegado Alexandre Oliveira apontaram que P.C.F.A., de 35 anos, conhecido como PC, e E.L.A., de 27, conhecido como Ego, foram os responsáveis pela morte de C.R.S., de 30 anos, por causa de uma disputa de ponto de tráfico. Um terceiro suspeito que estaria envolvido no crime, P.H. J.A. foi assassinado.

Levantamentos indicaram que a vítima comercializava drogas ilícitas na rua Dez, enquanto os suspeitos exerciam atividade similar na rua Cinco. O desentendimento entre o grupo agravou-se, sobretudo pela participação de C. em uma tentativa de homicídio contra Ego. Paralelamente a esse fato, PC, que era vizinho da namorada da vítima, também estaria incomodado com o fato de a C. estar comercializando drogas na rua em que o grupo atuava. A descoberta de um relacionamento amoroso entre C. e a namorada de P.H. acirrou ainda mais a desavença entre vítima e executores. C. foi morto na porta de casa com treze disparos provenientes de uma pistola 380 e de outros dois revólveres calibres 32 e 38, este último encontrado na casa de P. H.. Os envolvidos no crime tiveram suas prisões temporárias decretadas e estão no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira. Eles irão responder por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e sem recurso de defesa para a vítima.

Leia tudo sobre: barreirocrimeacerto de contastráfico