Pimentel discursa por poucos minutos em posse do presidente da Granbel

Na solenidade, o petista destacou que o Estado tem problemas graves mais uma vez

iG Minas Gerais | GUILHERME REIS |

Politica - Do dia - Vespasiano MG
33 Solenidade de Posse da Diretoria da Granbel - Associacao dos Municipios da Regiao Metropolitana de Belo Horizonte - na Cidade Administrativa 
Na foto:  Fernando Pimentel (PT) Governador de Minas Gerais 

FOTO: MARIELA GUIMARAES / O TEMPO 10.3.2015
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Politica - Do dia - Vespasiano MG 33 Solenidade de Posse da Diretoria da Granbel - Associacao dos Municipios da Regiao Metropolitana de Belo Horizonte - na Cidade Administrativa Na foto: Fernando Pimentel (PT) Governador de Minas Gerais FOTO: MARIELA GUIMARAES / O TEMPO 10.3.2015

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), adotou um discurso de cautela na posse do novo presidente da Associação de Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), Carlos Murta (PMDB). Nesta terça-feira (10) durante a solenidade na Cidade Administrativa, o petista, mais uma vez, destacou que o Estado tem problemas graves. 

Pimentel não chegou a discursar nem por cinco minutos na posse do prefeito de Vespasiano, Carlos Murta, mas exaltou a proposta municipalista da Granbel e falou em transparência para mostrar a real situação do Executivo.

“Temos problemas graves de gestão, mas tenho certeza que se a situação for devidamente mostrada, vai encontrar a compreensão da cidadania. E tem que ser assim entre os representantes de outros poderes também. Da União com os Estados, e do Estado com os municípios. Assim, todos entendem as dificuldades e ajudam a resolver os problemas”, disse.

Por sua vez, Carlos Murta, que vai comandar a entidade representante de 34 cidades, demonstrou compreensão com os problemas do Estado, mas garantiu que vai cobrar a solução dos problemas da saúde, do transporte público e da crise hídrica.

“Temos que ser tolerantes, mas vamos cobrar o Executivo e trazer soluções. Os prefeitos estão enfrentando problemas financeiros e falta de leitos. Ainda vamos analisar o Move, que foi feito para atender a região metropolitana, mas as pessoas estão sofrendo com demoras e aumentos nas passagem”, afirmou.

Leia tudo sobre: granbelprefeitovespasianoregião metropolitanapimenteldiscurso5 minutos