Após ser vaiada em SP, Dilma encontrará Lula em Brasília

Antes de a petista embarcar para São Paulo, porém, Dilma e Lula se falaram por telefone e decidiram mudar o local do encontro

iG Minas Gerais | Folhapress |

Dilma Rousseff participa do Salão Internacional da Construção, em São Paulo
Roberto Stuckert Filho/PR
Dilma Rousseff participa do Salão Internacional da Construção, em São Paulo

A presidente Dilma Rousseff (PT) mudou os planos e decidiu se encontrar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na noite desta terça-feira (10), em Brasília.

A ideia inicial era que os dois se reunissem, no início da tarde desta terça (10), em São Paulo.

O encontro seria após a presidente participar do Salão Internacional da Construção, na capital paulista, onde foi recebida com vaias e gritos de "fora Dilma" e "fora PT".

Antes de a petista embarcar para São Paulo, porém, Dilma e Lula se falaram por telefone e decidiram mudar o local do encontro.

Segundo a reportagem apurou, a decisão foi tomada para despistar os jornalistas, que já sabiam da reunião desde a manhã de segunda-feira (9).

O partido e o governo federal esperam que a conversa entre Lula e Dilma ajude a resolver parte da crise que traga o Palácio do Planalto.

O ex-presidente pedirá à sucessora um "olhar cauteloso" para o cenário atual e medidas "de médio prazo" que dialoguem com a sociedade e com a base social do PT.

A relação de Dilma com o PMDB também deve ser abordada na conversa.

Leia tudo sobre: lava jatoLava Jatolavajatodilma