Paulina dedicou sua vida aos enfermos

iG Minas Gerais |

Irmã Clarice, que dá nome do centro em Igarapé, foi a quarta superiora geral da Congregação Irmãzinhas da Imaculada Conceição, fundada em 12 de julho de 1890, em Vigro, Santa Catarina, por Amábile Lúcia Visintainer, nascida em Vigolo Vattaro, em Trento, Itália, em 16 de dezembro de 1865, e que emigrou com sua família para o Brasil em 1875.

Em Santa Catarina, no atual município de Trento, deram início à localidade de Vígolo. Foi lá que aos 14 anos Amábile e sua amiga Virgínia Rosa Nicolodi começaram a cuidar dos doentes, dar catequese e zelar pela capela São Jorge.

Em 1890, as duas amigas acolheram e cuidaram de Ângela Lúcia Viviani, gravemente doente de câncer. Em dezembro de 1895, Amábile assumiu o nome de irmã Paulina do Coração Agonizante de Jesus, madre Paulina. Foi a primeira santa a ser canonizada no Brasil, em 2002, pelo papa João Paulo II. (AED)

Abnegação

Madre Paulina. A religiosa guiou com sabedoria e simplicidade a congregação, como fundadora e superiora geral, fundando escolas, educandários e lares geriátricos em várias partes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave