Estudantes de Wisconsin protestam contra morte de adolescente negro

Oficial de polícia executou o jovem afro-americano de 19 anos que supostamente havia atacado o agente na cidade de Madison, no último domingo (8)

iG Minas Gerais | AFP |

Centenas de estudantes abandonaram suas aulas e se manifestaram em frente ao capitólio de Wisconsin, norte dos Estados Unidos, depois que um policial atirou e matou um jovem negro, alegando ter sido atacado pela vítima.

Um cartaz com a frase "As vidas dos negros importam" foi colocado em frente à sede do legislativo, enquanto os estudantes marchavam pelas ruas cantando palavras de ordem e pedindo democracia, segundo imagens postadas na rede social Twitter, usando a hashtag #Justice4Tony.

Um oficial de polícia matou com um tiro um jovem afro-americano de 19 anos que supostamente havia atacado o agente na cidade de Madison, Wisconsin, no último domingo (8).

O tiroteio está sendo investigado pelo Departamento de Investigações Criminais da cidade.

Uma multidão já havia se reunido na última sexta-feira em frente ao local da troca de tiros.

O crime ocorre alguns dias após o Departamento de Justiça anunciar que não processaria o policial branco que disparou contra o adolescente desarmado Michael Brown, em Ferguson, Missouri, cuja morte desencadeou uma onda de protestos em todo o país em agosto de 2014. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave