Em meio à crise, Sabesp pede reajuste de tarifa em abril de 2015

Empresa argumenta que aumento se deve ao valor elevado da energia elétrica, o que não estava previsto em seu plano de negócios de 2014

iG Minas Gerais | Folhapress |

Em meio à crise, Sabesp pede reajuste de tarifa em abril de 2015
LEO FONTES / O TEMPO
Em meio à crise, Sabesp pede reajuste de tarifa em abril de 2015

A Empresa Estadual de Saneamento de São Paulo (Sabesp) pediu para autorização para reajustar a tarifa da água a partir de abril deste ano. O último reajuste foi feito em dezembro, de 6,49%, abaixo da inflação.

A reportagem apurou que a intenção dessa vez é reajustar a tarifa acima da inflação, para equilibrar as finanças da empresa que tem reduzido sua arrecadação e aumentado seus investimentos.

Outro argumento para o reajuste acima do previsto é o aumento do custo de energia elétrica, o que, segundo a empresa, não estava previsto em seu plano de negócios de 2014.

O pedido foi feito à agência reguladora estadual) e está em análise pela diretoria do órgão. Uma audiência pública, ainda sem data prevista, deve ainda ser feita sobre o tema.

No ano passado, a Sabesp cortou R$ 1,1 milhão de reais de despesas para compensar a deterioração de suas finanças. Outros R$ 1,5 milhão deixaram de ser arrecadados devido ao programa de bônus para quem economizar água.

Nesta terça-feira (10), o sindicato que representa funcionários da empresa decidirá se entrará em greve por tempo indeterminado. A justificativa é o que o sindicato já chama de "onda de demissões" no setor operacional da empresa.

Leia tudo sobre: Crise hídricaáguasão paulo