Morre filho de casal gay agredido em escola de São Paulo

Pais do adolescente afirmam que ele teria sido espancado no interior do colégio; Secretaria Estadual de Educação nega versão apresentada pelo casal

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um adolescente de 14 anos, que havia sido espancado no dia 5 deste mês na escola em que estudava na Vila Jamil, em Ferraz de Vasconcelos, Grande São Paulo, por ser filho de um casal gay, morreu nesta segunda-feira (9).

A agressão foi presenciada pelo irmão da vítima de 15 anos, que também estudava na mesma instituição de ensino. O adolescente foi ouvido pela polícia. Os agressores também prestaram esclarecimentos. 

A Secretaria Estadual de Saúde informou que a vítima entrou no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, na quinta-feira (5). Ainda segundo o órgão, o adolescente deu entrada na unidade de saúde com parada cardiorrespiratória e passou por um processo de reanimação.

Após realização de exames, ficou constatado que ele teve hemorragia, mas não apresentava sinais de violência física.

A Secretaria Estadual de Educação nega a versão apresentada pela família e afirma não ter registrado agressões no interior da escola, onde a vítima estudava. 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave