Cauteloso, Pratto prefere não garantir presença contra a Caldense

O argentino participou do coletivo de reservas nesta segunda-feira na Cidade do Galo

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Lucas Pratto assinou contrato com o Atlético até 2018
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Lucas Pratto assinou contrato com o Atlético até 2018

Aos poucos, o atacante Lucas Pratto vai voltando aos treinos na Cidade do Galo e ganhando condicionamento físico para retornar aos gramados. O argentino participou do coletivo de reservas nesta segunda-feira na Cidade do Galo, mas ainda não garantiu que poderá estar em campo nesta quinta-feira contra a Caldense, em Poços de Caldas.

“Depende do treinador. Me sinto bem. Creio que esta semana será importante para eu estar 100% e me recuperar totalmente. Semana passada foi um trabalho intenso e acho que esta semana ficarei 100%”, disse o avançado.

Pratto, porém, adotou a cautela e lembrou que o duelo mais importante da equipe alvinegra nos próximos dias será no dia 18 de março contra o Santa Fe, em Bogotá, na Colômbia – antes disse tem os duelos pelo Mineiro contra Caldense e URT.

“Tenho que seguir trabalhando para estar 100% fisicamente. A Libertadores é o mais importante. O jogo de quinta é importante, mas a Libertadores temos mais problemas, pois temos que ganhar praticamente todas as partidas”, afirmou Pratto.

O argentino garante que deseja estar em campo sempre, mas reitera a necessidade já apontada por Levir Culpi de acionar os atletas que vêm do departamento médico apenas quando estiverem na capacidade física máxima.

“Quero jogar sempre. Tem de ver como o treinador me vê fisicamente. Tenho que estar 100%, pois senão não sirvo para a equipe”, completou.

Leia tudo sobre: lucas prattoatleticocaldensecampeonato mineirosanta felibertadores