Caixão aberto é abandonado no meio do cemitério Parque da Colina

Durante cortejo, administradora de empresas e conhecidos se depararam com a urna danificada pelo caminho

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Urna funerária foi deixada 'no meio' do cemitério
Adriana Gregório/Webrepórter
Urna funerária foi deixada 'no meio' do cemitério

Um caixão aberto abandonado no meio do cemitério Parque da Colina, no bairro Nova Cintra, na região Oeste de Belo Horizonte, foi flagrado por uma leitora de O TEMPO, que participava de um cortejo fúnebre no local, nesse fim de semana.

“Foi por volta das 14h. A gente se deparou com o caixão aberto ali, com uns restos. Achei total falta de respeito. Eles devem ter feito uma exumação e simplesmente jogaram o caixão ali. Tudo mundo ficou assustado”, detalhou a administradora de empresas Adriana Márcia Souza Dias Gregório, 41. De acordo com ela, a urna estava atrás da lagoa, ao lado dos velórios. “Achei um absurdo. Eu tenho muitos entes enterrados ali”, reclamou.

Em nota, o Parque da Colina negou que os restos mortais citados pela denunciante foram abandonados. Segundo a administração do cemitério, a urna funerária que aparece na foto "refere-se a uma exumação realizada, que teve, inclusive, o acompanhamento dos familiares".

Ainda de acordo com o Parque da Colina, a urna foi recolhida alguns minutos depois que a foto foi tirada e estava próxima à rua porque o carro da equipe responsável por fazer a retirada não pode andar sobre a grama e os jazigos.

Leia tudo sobre: caixãoparque da colinanova cintra