Senador tucano diz que quer ver Dilma 'sangrar' até o final do mandato

O senador, que foi candidato a vice-presidente na chapa de Aécio Neves (PSDB-MG), afirmou que não gostaria de ver Michel Temer à frente do Palácio do Planalto

iG Minas Gerais | da redação |

José Cruz/ABr
undefined

O senador paulista Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), disse nesta segunda-feira (9), que não quer impeachment e que prefere ver a presidente "sangrando" nos próximos anos de governo, até se encerrar o seu mandato. Aloysio também defende as manifestações que estão marcadas para o próximo dia 15 de março

O senador, que foi candidato a vice-presidente na chapa de Aécio Neves (PSDB-MG), afirmou que não gostaria de ver Michel Temer à frente do Palácio do Planalto. Segundo informações do portal "Uol".

Nunes disse que as manifestações contra o governo atual são uma forma positiva de demonstrar o descontentamento com os rumos que o Brasil está tomando.

Apesar disso, o tucano reconheceu que o PSDB não foi bem nos debates políticos na última eleição, permitindo que o PT consumasse a crença de que o partido tenha uma posição elitista.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave