Rivais, Cruyff e presidente do Barça se unem em projeto beneficente

A proposta que é financiada pelo clube e pela federação do ex-jogador visa reformar dez quadras de colégios na região da Catalunha

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O projeto foi lançado na manhã desta segunda-feira, na capital catalã
Reprodução/ Facebook
O projeto foi lançado na manhã desta segunda-feira, na capital catalã

Um dos principais jogadores da história do Barcelona, o holandês Johan Cruyff se reuniu nesta segunda-feira (9) com o presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, com quem tem relações conturbadas.

Os dois participaram do lançamento de um projeto beneficente que visa reformar dez quadras de colégios na região da Catalunha.

O projeto tem entre seus apoiadores a Fundação Barcelona e também a Fundação Cruyff.

O craque holandês pertence a um grupo diferente de Bartomeu na política do Barcelona. Ele entregou o título de presidente honorário do clube assim que Sandro Rosell, de quem o atual mandatário herdou o cargo, foi eleito, em 2010.

No ano passado, Cruyff fez duras críticas às gestões Rosell e Bartomeu e anunciou que poderia voltar a fazer parte da vida do time caso o ex-presidente Joan Laporta, mandatário entre 2003 e 2010, também retorne ao cargo.

O astro chegou à Espanha em 1973 e é considerado o introdutor do estilo "tiki-taka" no Barcelona. Entre 1988 e 1996, dirigiu a equipe que ficou conhecida como "Dream Team" e conquistou quatro títulos espanhóis consecutivos.