Comitê define regras para entrada de animais do hipismo olímpico

Todos os cavalos chegarão no Aeroporto de Galeão e precisão de um microchip

iG Minas Gerais | Da redação |

Brasileiros  Rodrigo Pessoa e Marlon Zanotelli ficaram sem medalha nos Jogos Equestres Mundiais
CBH/Divulgação
Brasileiros Rodrigo Pessoa e Marlon Zanotelli ficaram sem medalha nos Jogos Equestres Mundiais

O Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 já definiu as regras para a entrada dos cavalos das provas de hipismo no país, durante o evento. Todo o desembarque ficará centralizado no aeroporto Galeão, na capital carioca.

Todos os animais deverão ter um microchip e documentação para ser apresentada antes de serem transferidos para o Centro Olímpico de Hipismo do Complexo Esportivo de Deodoro, local onde ocorrerão as provas. A Polícia Federal fará um comboio para o traslado.

Todas as regras para a locomoção dos cavalos foram definidas em reunião entre Departamento de Sanidade Animal (DSA) – que faz parte do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Maoa), representantes do Comitê Olímpico, Ministério da Defesa, Exército e Confederação Brasileira de Hipismo (CBH).

“O mais importante é que conseguimos flexibilizar as regras, dar celeridade ao processo, sem arriscar em nenhuma instância a segurança sanitária do país”, disse o fiscal federal agropecuário do ministério, André Pereira Bompet.

Leia tudo sobre: hipismocavalosolimpíadasrio 2016aeroporto galeão