Willians comenta chapéu no clássico: "eu sei jogar"

Volante foi um dos destaques do Cruzeiro no jogo e protagonizou um dos lances mais bonitos no Mineirão

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA E RÔMULO ABREU |

ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE CRUZEIRO X ATLETICO MINEIRO VALIDA PELA 6 RODADA DO CAMPEONATO MINEIRO 2015. NA FOTO: LUAN E WILLIANS

FOTOS: DENILTON DIAS / O TEMPO / 08.03.2015
DENILTON DIAS / O TEMPO
ESPORTES BH MG: LANCES DA PARTIDA ENTRE CRUZEIRO X ATLETICO MINEIRO VALIDA PELA 6 RODADA DO CAMPEONATO MINEIRO 2015. NA FOTO: LUAN E WILLIANS FOTOS: DENILTON DIAS / O TEMPO / 08.03.2015

O volante Willians foi mais uma vez um dos destaques do Cruzeiro em campo, no clássico desse domingo, protagonizando um dos lances mais bonitos do jogo. O camisa 5 deu um chapéu em Luan e comentou sobre a pintura que fez.

Ao receber uma bola, Willians viu Luan chegando com tudo para dividir, e, com classe, mandou por cima do atleticano, dominando no peito para sair jogando, mas foi puxado por Dodô na sequência. O lance levantou a torcida no Mineirão.

“Eu sei jogar um pouco, não é só na marcação que tem que ser excelente, então tem que saber jogar e dessa vez fui feliz, espero dar continuidade. Não é só marcação, sou um jogador técnico, com experiência, e tenho que saber jogar, que bom que estou acertando, então é ter humildade para trabalhar para não errar”, comentou o volante.

Willians analisou o jogo como um todo e se deu por satisfeito com o empate, até pelo fato de que o Cruzeiro teve que correr atrás do resultado. O volante, no entanto, já prevê novo encontro dos dois times nas finais do Estadual.

“O Atlético veio muito defensivo, marcou bem nossos laterais, que são fortes no apoio. Vieram por uma bola. Falhamos e foi bom ter conseguido o empate. Estou chegando agora, primeiro clássico, queria vencer, mas tem muitos jogos pela frente. Espero que nas finais possamos vencer e ser campeão mineiro”, disse.

Ao fim do clássico, o técnico Marcelo Oliveira se mostrou preocupado com Willians, revelando que ele saiu de campo com dores na perna. Entretanto, o volante disse que está tudo bem e que não pretende ficar de fora dos próximos jogos.

“Só estou um pouco desgastado, faz um tempo que não jogo, mas quando estamos jogando, nos condicionamos mais, então quero dar sequência”, concluiu.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposawilliansvolanteclassicochapeuluan