Prostituta cobra dívida de drogas e é morta com 12 facadas em Arcos

Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu; suspeito foi preso próximo ao local do homicídio e confessou o crime

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma prostituta de 33 anos foi morta com 12 facadas, nesse domingo (9), em Arcos, na região Centro-Oeste de Minas, após cobrar uma dívida de drogas. O suspeito de 34 anos foi preso e confessou o crime.

De acordo com a Polícia Militar, Paula Márcia Teixeira foi atacada em uma loja de conveniência de um posto de combustíveis da avenida Magalhães Pinto, no centro da cidade. A vítima foi atingida no peito, braço e abdômen . Ela chegou a ser encaminhada a um hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Durante rastreamento, militares conseguiram localizar o agressor na mesma área do homicídio. Ele confessou ter matado a mulher e afirmou que a prostituta estava cobrando uma dívida. No entanto, ele não disse à polícia se realmente estava devendo.

Ainda na versão dele, nesse domingo, os dois se encontraram por acaso na loja e, mais uma vez, ele foi cobrado. Irritado, o bandido foi até a república onde mora, pegou uma faca, e retornou ao posto para cometer o assassinato.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Plantão de Formiga.

Leia tudo sobre: arcosprostitutafacadasdrogas