ANS suspende venda de planos de saúde de quatro operadoras

De acordo com o texto, a decisão teve como base “o indeferimento da autorização de funcionamento e as anormalidades econômico-financeiras, assistenciais e administrativas graves das operadoras”

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

REJANE ARAÚJO
undefined

A resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicada nesta segunda-feira (9) no Diário Oficial da União suspende a venda de planos de saúde e outros produtos de quatro operadoras:  Unimed de Paulo Afonso Cooperativa de Trabalho Médico; Uniodonto Teresópolis - Cooperativa Odontológica; Sociedade Operária Humanitária; e Irmandade Nossa Senhora das Graças.

De acordo com o texto, a decisão teve como base “o indeferimento da autorização de funcionamento e as anormalidades econômico-financeiras, assistenciais e administrativas graves das operadoras”.

A ANS determinou que as quatro operadoras promovam a alienação de suas carteiras (venda, de uma operadora para outra, do direito de prestar serviços a um grupo de consumidores), no prazo máximo de 30 dias contados da data do recebimento da intimação.

Leia tudo sobre: saúdeplano de saúdeANSoperadoras