Pesqueiro taiwanês com 49 tripulantes desparece no Atlântico Sul

A bordo, havia dois de taiwaneses, incluindo o capitão, 11 chineses, 21 indonésios, 13 filipinos e dois vietnamitas

iG Minas Gerais | AFP |

Um navio de pesca de Taiwan com 49 tripulantes a bordo desapareceu na remota região do Atlântico Sul, pouco depois de seu capitão informar que água estava entrando na embarcação, informaram as autoridades neste domingo.

O "Hsiang Fu Chun", um navio de 700 toneladas utilizado para a pesca de lulas e camarões, perdeu contato com seus proprietários em 26 de fevereiro, quando se encontrava a cerca de 1.700 milhas náuticas (3.148 km) das Ilhas Malvinas, de acordo com dados de satélite.

A bordo, havia dois de taiwaneses, incluindo o capitão, 11 chineses, 21 indonésios, 13 filipinos e dois vietnamitas.

Taiwan pediu ajuda à Argentina e à Grã-Bretanha, assim como outros navios na área para tentar encontrar o navio.

"Nós não sabemos onde está o barco ou o que aconteceu", disse à AFP Huang Hong-yen, um porta-voz da Agência de Pesca, acrescentando que não há nenhuma evidência de que ele tenha afundado.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave