Rivais, sim, mas não inimigos

Técnicos do Galo e da Raposa falam da expectativa para o jogo desta tarde no Gigante da Pampulha

iG Minas Gerais | Josias Pereira / felipe ribeiro |

Considerado um dos melhores treinadores do Brasil graças ao bicampeonato nacional pelo Cruzeiro, Marcelo Oliveira também faturou premiações individuais, como o troféu Craque do Brasileirão por duas vezes seguidas, em 2013 e 2014, como melhor técnico. Em conversa com a nossa reportagem, Marcelo falou sobre a remontagem do elenco e o desejo de decolar a partir deste domingo, no duelo contra o amigo Levir Culpi, técnico do Atlético.

Levir Culpi vai para o seu quarto clássico mineiro desde que retornou ao Atlético, no ano passado. O treinador teve 100% de aproveitamento nos quatro duelos que fez contra o Cruzeiro em 2015. Antes de tentar mais um triunfo sobre o maior rival, Levir bateu um papo exclusivo com O TEMPO e falou sobre o 2014 vitorioso, os desafios alvinegros na temporada 2015 e a excelente relação que tem com o amigo Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro. Ex-jogadores. Marcelo Oliveira, 60, nasceu em Belo Horizonte, e foi criado na cidade de Pedro Leopoldo. Marcelo foi um grande meia como jogador, e, nos últimos anos, principalmente com o bicampeonato brasileiro em 2013 e 2014, se consolidou entre os melhores treinadores de futebol do país. Na carreira como técnico já foi treinador de: Atlético, CRB, Ipatinga, Paraná Clube, Coritiba, Vasco e Cruzeiro. Já Levir Culpi, 62, é paranaense. Nasceu em Curitiba e rodou o mundo por intermédio do futebol. Foi jogador profissional entre 1971 e 1986, quando iniciou o trabalho de treinador no Caxias. Ele também treinou: Atlético-PR, Marcílio Dias, Inter de Limeira, Criciúma, Inter, Coritiba, Al Ittifaq-ARA, Paraná, Guarani, Portuguesa, Cruzeiro, Cerezo Osaka-JAP, São Paulo, Sport, Palmeiras, Botafogo e São Caetano.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave