Jornalista é morto a tiros por sobrinho do ex-marido da companheira

Casal teria provocado o suspeito dentro de um bar na madrugada deste sábado (7); criminoso fugiu após homicídio e ainda não foi localizado

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Jornalista é morto a tiros por sobrinho do ex-marido da companheira
Reprodução Facebook
Jornalista é morto a tiros por sobrinho do ex-marido da companheira

Um jornalista foi morto a tiros na madrugada deste sábado (7) dentro de um bar da cidade de Jaíba, no Norte de Minas. O autor do homicídio foi identificado como o sobrinho do ex-marido da atual companheira da vítima. Romero Fernandes Oliva, de 44 anos, estava com a atual companheira dentro de um bar no bairro Centro Comunitário. Por volta de 4h, o sobrinho do ex-marido da mulher entrou no local.

Testemunhas contaram ao sargento João Machado, que atendeu a ocorrência, que o casal começou a provocar o sobrinho do ex-marido da mulher. “Segundo os relatos, a mulher e o jornalista passaram várias vezes pela mesa do suspeito. O intuito era de instigar uma briga, já que chegaram a chamar o tio do autor de corno. Eles começaram uma discussão e o suspeito disse que não iria brigar com o casal, mas que iria resolver de outro jeito”, explicou o militar.

O suspeito identificado como Luciano Pitbull deixou o bar, mas voltou minutos depois e realizou mais de 11 disparos. “O jornalista foi atingido por mais de dez disparos. Nós levamos ele para o Hospital Municipal de Jaíba, porém, devido a gravidade, ele foi transferido para o Hospital de Janaúba. No trajeto,  Oliva não resistiu aos ferimentos e morreu dentro da ambulância”, contou o sargento Machado.

Suspeito

Após o crime, Pitbull fugiu e ainda não foi localizado pela polícia. Um cerco nos municípios da região foi formado para tentar encontrar o suspeito.

Luciano é morador de Janaúba, cidade vizinha. Já os pais dele, moram em Jaíba. A polícia foi até a casa da família, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

Velório

O corpo de Oliva está sendo velado na casa da primeira esposa dele no bairro Centro Comunitário. Por volta de 18h30, o cortejo saíra em direção a cidade de Montes Claros, cidade da mesma região, onde os pais da vítima moram e onde ele será sepultado.

Trajetória

Oliva era secretário de Meio Ambiente da Prefeitura de Jaíba até o início do ano, quando deixou o cargo para se dedicar ao jornalismo.  

Leia tudo sobre: JaíbaJornalista