Levir vê dificuldades como bom indício para o duelo com a Raposa

Treinador se apega no retrospecto recente do Atlético para minimizar desfalques do clássico

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

Levir assumiu a responsabilidade de tratar do caso do jogador
Flickr/Atlético
Levir assumiu a responsabilidade de tratar do caso do jogador

O Atlético vai para o clássico contra o Cruzeiro, neste domingo, no Mineirão, com várias problemas de lesões. Com isso, a formação estará longe de ser a ideal, apontada no início da temporada. Além disso, a equipe terá de mostrar que a vitória diante do Guarani, após três derrotas seguidas, não foi apenas um suspiro diante do início irregular na temporada 2015.

Com tudo isso, o técnico Levir Culpi acredita que o cenário pode favorecer o Galo, que se notabilizou em se sobressair nos momentos de maior adversidade nos últimos anos.

Com viradas históricas nos títulos da Copa do Brasil, Copa Libertadores e Recopa Sul-Americana, o treinador se mostra confiante em um bom desempenho diante do maior rival.

"Esse é um bom indício. Quando as coisas estão muito difíceis é que a gente consegue. Não vamos lamentar os problemas que temos. Estamos otimistas, mesmo com as dificuldades. Vamos fechar o time e buscar a vitória", disse Levir.

Em relação à equipe que começou a temporada, serão quatro desfalques, todos por ordem médica: Leonardo Silva, Marcos Rocha, Dátolo e Lucas Pratto. Para o técnico alvinegro, o momento é de dar força para esses atletas, além de apoiar os que estarão em campo.

"Tudo é importante, Todos os atletas têm uma importância parecida. Importância para quem não vai jogar também. Quem não vai, tem que se sentir importante. A gente não vai ganhar títulos só com os 11. Não podemos perder o foco dos jogadores que não estão jogando, os que estão no banco. Terão a oportunidade de entrar, e terão de estar focados no mesmo objetivo", concluiu. 

Leia tudo sobre: atleticogalolevirculpidificuldadeslesoesclassicosraposacruzeiro