Investigado em operação Lava Jato, Anastasia é defendido por Lacerda

Prefeito de Belo Horizonte afirmou que está solidário a senador

iG Minas Gerais | BERNARDO MIRANDA |

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, saiu em defesa do senador Antonio Anastasia (PSDB), um dos políticos que estão na lista de investigados na operação Lava Jato e optou pela cautela ao analisar o fato do seu partido, o PSB, não ter nenhum nome envolvido.

“O importante nesse momento é explicar que se trata de um inquérito, ninguém foi considerado culpado, nem mesmo denunciado. O caso do senador Anastasia é algo ainda muito vago. Um delator que diz ter reconhecido em foto que o ex-governador seria o homem para quem ele entregou o dinheiro. É preciso que isso evolua em termos de provas e também de apresentação da defesa. Nesse aspecto estamos solidários com o senador Anasatasia, pelo o que nós conhecemos da vida dele”, afirmou Lacerda, durante evento de entrega de 120 apartamentos do Minha Casa, Minha Vida, no bairro Granja de Freitas, região Leste de Belo Horizonte.

Sobre a ausência de seu partido na lista, Lacerda descartou qualquer tipo aproveitamento político dessa situação.

“Haverá outras investigações. Essa é a primeira lista, é possível que outros políticos possam ser investigados futuramente, e a gente espera que não tenha nenhum do PSB. Todo partido tem seus dois lados, nenhum partido é formado só por santos”, frisou.

Lacerda também confirmou que se reuniu ontem com o presidente do PSDB Estadual, Marcos Pestana, para discutir a ocupação de quadros tucanos na prefeitura, mas não detalhou o teor específico da conversa.  

Leia tudo sobre: LAVA-JATOLAVA JATOANASTASIALACERDAJANOT