Estádio do Galo: família desapropriada e mudanças pontuais no terreno

Zilton José Vicente e seus familiares deixaram o lote de 13 mil m², onde tende a ser construído

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Imagens do projeto novo estádio do Atlético teriam vazado
Imagens do projeto novo estádio do Atlético teriam vazado

O sonho do Atlético de construir seu próprio estádio continua ganhando formatos cada mais claros de serem vistos. Nesta sexta-feira, a reportagem esteve no local onde tende a ser construído o empreendimento alvinegro e constatou mudanças significativas.

O terreno, agora vigiado por um segurança que fica em uma guarita móvel (localizado na rua Walfrido Mendes), tem intervenções pontuais, indicando que os estudos no local já foram iniciados. Uma das principais novidades é a saída da família que residia em uma casa praticamente no centro do lote.

"Foi realizado um acordo entre as partes, a MRV e a família. Esse processo começou em 2012 com a Habit e foi finalizado com a MRV, que agora é dona do terreno. Houve uma audiência no dia 7 de novembro do ano passado, quando o acordo foi homologado e rapidamente cumprido", afirmou o advogado da família, Julio Maurício Madureira.

Moravam na residência Zilton José Vicente, 66, com sua filha Michele Gomes, 32, sua neta Julia, 9, e seu genro Marcelo, 35.

"Fomos indenizados e estamos morando em outro local já. Foi tudo certo, sem problemas", disse Michele.

De acordo com apuração de O TEMPO, a MRV estuda levar já na próxima semana para o terreno máquinas e containers que abrigarão os escritórios e banheiros da obra. Em contato com a reportagem, o presidente do conselho de administração da construtora, Rubens Menin, negou tal fato. O presidente do Galo, Daniel Nepomuceno, não foi encontrado para comentar.

O terreno de área de gleba de 13 mil m² onde tende a ficar o estádio fica no Bairro Califórnia, perto da Via Expressa, e pertence à MRV, atual patrocinadora máster do clube. O projeto foi idealizado pela Farkasvölgyi Arquitetura pelo preço de R$ 500 mil e apresentado informalmente na Prefeitura de Belo Horizonte para serem levantados os documentos necessários para as devidas aprovações.

Leia tudo sobre: atleticogaloestadioterrenomrv