Com Pedrinho e Leandro Guerreiro, América está quase definido

A baixa no grupo para o jogo contra o Villa Nova será o zagueiro Alison, que teve constatada uma fissura na costela em exame de raio-x nesta sexta

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Leandro Guerreiro chegou a participar do coletivo antes do clássico contra o Atlético
Carlos Cruz/ América
Leandro Guerreiro chegou a participar do coletivo antes do clássico contra o Atlético

Com Pedrinho no meio-campo no lugar de Mancini e a volta do volante Leandro Guerreiro ao time titular, o técnico Givanildo Oliveira comandou nesta sexta-feira, no CT Lanna Drumond, o treino apronto do América visando a partida deste domingo, às 16h, no Estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, contra o Villa Nova, válida pela sexta rodada do Campeonato Mineiro.

Leandro Guerreiro não faz uma partida oficial com a camisa do América desde o dia 4 de fevereiro, quando o time venceu a URT por 2 a 1, na Arena Independência. O jogo foi válido pela segunda rodada do Campeonato Mineiro e o volante saiu de campo aos 36 min da etapa complementar reclamando de dores na coxa direita.

Com o retorno do experiente volante, Diego Lorenzi, que foi titular da equipe nos últimos quatro jogos do Estadual, vai ficar como opção no banco de reservas. A equipe principal do Coelho no coletivo desta tarde contou com o zagueiro Anderson Conceição e o atacante Sávio, que se recuperaram de uma fadiga muscular.

O time titular do América no coletivo foi formado por João Ricardo; Robertinho, Anderson Conceição, Wesley Matos e Bryan; Thiago Santos, Leandro Guerreiro, Pedrinho e Felipe Amorim; Rodrigo Silva e Sávio. A baixa no grupo para o jogo contra o Villa Nova será o zagueiro Alison. O jogador realizou um exame de raio-x que comprou uma pequena fissura na costela e ele será poupado.

Os jogadores do América ainda fazem um treino recreativo neste sábado de manhã e depois iniciam a concentração. O jogo contra o Villa Nova será um confronto direto pelos primeiros lugares na tabela de classificação do Estadual. Os clubes fazem campanhas idênticas na competição com 11 pontos, três vitórias, dois empates, seis gols a favor e três contra. O Leão do Bonfim está em terceiro porque levou menos cartões vermelhos que o Coelho.