Jacinto Lamas pede perdão da pena de 5 anos no caso mensalão

O pedido tem como base o decreto presidencial de 24 de dezembro de 2014, concedendo perdão a todos aqueles que foram condenados a um período inferior a 8 anos e que já tiverem cumprido um terço da pena

iG Minas Gerais | Com agências |

STF recebe primeiro pedido de progressão de pena do processo do mensalão
MARCELLO CASAL JR/ABR.
STF recebe primeiro pedido de progressão de pena do processo do mensalão

Condenado a 5 anos de prisão no julgamento do mensalão, a defesa do ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas, pediu, nesta quinta-feira (5) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para se beneficiar do indulto de Natal.

O pedido tem como base o decreto presidencial de 24 de dezembro de 2014, concedendo perdão a todos aqueles que foram condenados a um período inferior a 8 anos e que já tiverem cumprido um terço da pena, caso a pessoa não seja reincidente.

Este é o segundo pedido de extinção penal protocolado por um condenado pelo mensalão. Na última quarta-feira (4), o pedido realizado por José Genoíno foi aceito pelo STF.

Jacinto Lamas cumpre pena em regime aberto desde agosto do ano passado. O ex-tesoureiro chegou a conseguir a redução de 90 dias por estar trabalhando e estudando durante o cumprimento da pena.

O pedido será apreciado pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot e posteriormente pelo relator do caso, o ministro Luís Roberto Barroso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave