Alonso ironiza versão sobre perda de consciência após acidente

O bicampeão também confirmou que está se preparando para o retorno às pistas no GP da Malásia, no dia 29 de março

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

No vídeo, Alonso aparece sorridente e diz que queria estar nos treinos em Barcelona
Reprodução Twitter
No vídeo, Alonso aparece sorridente e diz que queria estar nos treinos em Barcelona

O piloto espanhol Fernando Alonso ironizou em sua página no Twitter as matérias publicadas na última quinta-feira (5) que diziam que ele teria achado que estava em 1995 e que era piloto de kart quando ficou consciente após o acidente do último 22 nos testes de pré temporada da F-1 em Barcelona.

"Em alguns dias começa o campeonato e ficaremos sem 'ficção científica'", publicou o piloto da McLaren em sua conta oficial no microblog, para em seguida sugerir que as pessoas mandassem mensagens com a hashtag #dondeTeHasDespertadoHoy (onde você acordou hoje).

En unos días empieza el campeonato y nos quedamos sin "ciencia ficción". Propongo un juego con RT los + creativos #dondeTeHasDespertadoHoy

— Fernando Alonso (@alo_oficial) 6 março 2015

O bicampeão mundial também afirmou que está se exercitando para voltar às corridas no GP da Malásia, segunda prova da temporada, que será realizada no próximo dia 29.

"Continuo correndo atrás... 30 minutos de bicicleta, 30 de natação, 30 de academia. Malásia é uma das corridas mais exigentes, e estaremos 100%", afirmou.

Alonso perdeu o controle do seu carro durante sessão de treinos em Montmeló, em Barcelona, e chocou-se contra o muro da curva 3 do circuito.

Atendido e levado ao centro médico do autódromo, foi depois levado de helicóptero ao Hospital Geral da Catalunha, onde passou três noites na UTI para recuperar-se da concussão sofrida no acidente.

Afastado da última sessão de testes para poder se recuperar, o espanhol também perderá a abertura do Mundial, no próximo dia 15, na Austrália, por recomendação médica.

O espanhol será substituído por Kevin Magnussen na prova em Melbourne.

Leia tudo sobre: fernando alonsomclarenformula 1pistagp da malasia