Cleiton Xavier é regularizado, mas só pode jogar em abril no Paulistão

O meia do Palmeiras não estava inscrito no BID porque seus documentos não haviam chegado da Ucrânia, desde que deixou o Metalist em fevereiro

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Xavier só poderá jogar a competição a partir dos mata-matas
Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação
Xavier só poderá jogar a competição a partir dos mata-matas

 Nesta sexta-feira (6), o nome do meia Cleiton Xavier apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o jogador já pode fazer sua estreia pelo Palmeiras.

Contratado do Metalist, da Ucrânia, o meia chegou ao clube paulista no início de fevereiro. No entanto, a Federação Ucraniana de Futebol atrasou o envio da documentação necessária para regularizar a transferência. Por isso, até esta sexta Cleiton Xavier não podia estrear pelo Palmeiras.

Como não foi inscrito no Campeonato Paulista, Xavier só poderá jogar a competição a partir da fase de mata-mata, em abril, quando os clubes poderão fazer alterações em suas listas iniciais de 28 jogadores.

Como o Palmeiras eliminou o jogo de volta da 1ª fase da Copa do Brasil, o time só voltará a jogar pela competição no final de abril, quando enfrentará o vencedor do confronto entre Sampaio Correa e Estrela do Norte.

Dessa forma, Cleiton Xavier terá que aguardar mais de um mês para reestrear pelo clube.

Cleiton Xavier retornou ao Palmeiras após quase cinco anos. Ele deixou o clube em julho de 2010 antes do clássico contra o Santos. Na época, foi negociado com o próprio Metalist.

Pelo Palmeiras --chegou no início de 2009-- o meia realizou 90 partidas e marcou 16 gols.

Cleiton Xavier foi o 19º reforço do Palmeiras para a temporada. Além do meia-atacante, os outros 18 reforços contratados pelo Palmeiras foram: o goleiro Aranha, os zagueiros Vitor Hugo, Victor Ramos e Jackson, os laterais Lucas, João Paulo e Zé Roberto, os volantes Amaral, Gabriel, Arouca e Andrei Girotto, os meias Robinho, Ryder e Alan Patrick e os atacantes Dudu, Rafael Marques, Leandro Pereira e Kelvin.

Leia tudo sobre: palmeirascleiton xaviercampeonato paulistametalistbidcbf