CBV volta atrás, e Federação confirma final da Liga Mundial no Rio

Entidade brasileira havia desistido de sediar última fase do torneio, mas receberá jogos de 14 a 19 de julho

iG Minas Gerais | Folhapress |

FIVB/Divulgação
undefined

Três meses após abrir mão de sediar as finais da Liga Mundial, a CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) voltou atrás e o Rio de Janeiro será sede da fase final da competição, prevista para acontecer entre os dias 14 e 19 de julho.

O Brasil foi confirmado como sede do torneio pela FIVB (Federação Internacional de Vôlei) na quinta-feira (5).

"Entendemos agora ser hora de priorizarmos o projeto olímpico. É olhar para frente, para 2016. Retomamos as negociações assim que tivemos a informação que estaríamos fora da Copa do Mundo. Não poderíamos comprometer um planejamento que está há três anos mantendo o Brasil no pódio das competições e que encerra o ciclo olímpico jogando em casa", disse o presidente da CBV, Walter Pitombo Larageiras.

A seleção brasileira masculina de vôlei é a maior vencedora da competição com nove títulos (1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010), além de outros cinco vice-campeonatos.

A CBV  tinha desistido de sediar a fase final da competição após o técnico Bernardinho e os jogadores Mário Junior, Murilo e Bruninho serem punidos pela FIVB por causa de eventos ocorridos no Mundial masculino de vôlei na Polônia, em setembro.

Leia tudo sobre: cbvvôleiliga mundialseleção