Desenvolvimento é tema de debate

Reunião definiu ações conjuntas em defesa do Brasil, da política de conteúdo, da engenharia local e da Petrobrás

iG Minas Gerais |

Encontro. 
Evento reuniu representantes de várias entidades, como a Ciemg, Acic, Crea/MG, sindicatos, além de deputados e vereadores
PMC
Encontro. Evento reuniu representantes de várias entidades, como a Ciemg, Acic, Crea/MG, sindicatos, além de deputados e vereadores

Com o objetivo de discutir a atual situação política do Brasil, o prefeito de Contagem, Carlin Moura, se reuniu, na última quarta-feira (10), com empresários, trabalhadores, representantes de entidades como Ciemg, Acic, Crea/MG, Sindicatos dos Petroleiros e dos Metalúrgicos, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), partidos políticos, como PT, PCdoB, PMDB, além de vereadores e deputados estaduais.

Num contexto amplo, o grupo traçou ações conjuntas em defesa do país, da política de conteúdo, da engenharia local e da Petrobrás.

Durante o encontro, os participantes aprovaram um documento intitulado como “Carta Contagem”. Em seu conteúdo constava propostas que unificam os diversos setores. A carta propõe também a defesa da estabilidade democrática, o fortalecimento dos investimentos públicos e o desenvolvimento econômico.

Desenvolvimento

Segundo o prefeito Carlin Moura, eventuais divergências políticas partidárias não podem prejudicar o desenvolvimento econômico do país.

“É importante defendermos a Petrobras, como empresa brasileira e fomentadora da cadeia produtiva da nossa cidade. Hoje, Contagem possui várias empresas fornecedoras da petrolífera, que também são importantes geradoras de emprego”, informou.

Na ocasião, o prefeito explicou ainda que, neste momento, o mais importante e necessário é fortalecer os investimentos públicos. “O momento não é de crise, mas sim de ampliar os investimentos que são essenciais para a retomada da confiança no Brasil. Contagem tem hoje investimentos da ordem de R$ 220 milhões, em parceria com o governo federal. Não nos interessa uma crise política”, destaco o chefe do Executivo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave