Morador reclama de serviço não executado

Cassiano Rodrigues contou que conserto de hidrômetro não havia sido feito pela Copasa

iG Minas Gerais |

Protocolo. Cassiano Rodrigues postou imagem da ordem de serviço da Copasa, que não teria sido feito
Reprodução Facebook
Protocolo. Cassiano Rodrigues postou imagem da ordem de serviço da Copasa, que não teria sido feito

Deu no Fiscalizando

contato: contagem@otempo.com.br[]

O morador Cassiano Rodrigues se queixou no Fiscalizando Contagem, no Facebook, sobre um serviço que não teria sido executado pela Copasa.

“Ordem de serviço não executada pela Copasa, no dia 23 de fevereiro de 2015. Ainda tiveram a cara de pau de me dizerem que passaram na minha residência no dia 19 de fevereiro. Eu estive em casa nesse dia e ontem faltei ao trabalho para esperar por eles, que não apareceram. Hoje (24 de fevereiro) fui informado que viriam até o dia 5 de março. Estão agindo de má fé, pois o hidrômetro aqui de casa parou de rodar. Tenho água, mas ele não está funcionando. A Copasa está esperando completar 30 dias para, provavelmente, me aplicar uma multa, alegando que eu estava fazendo gato. É difícil ser um cidadão honesto no Brasil!”.

Em nota, a Copasa informou que iria substituir o hidrômetro do morador no dia 3 de março. “A Companhia ressalta que quando o hidrômetro está quebrado o cálculo da conta de água será feito pela média de consumo dos últimos seis meses”, afirma a nota.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave