Seis pessoas são presas em Belo Horizonte por violência contra mulher

Detidos são suspeitos de infringirem Lei Maria da Penha, pelos crimes de lesão corporal e ameaça

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Seis pessoas foram presas durante Operação Deusa Hera, deflagrada pela Divisão Especializada de Atendimento da Mulher do Idoso e do Portador de Deficiência, em Belo Horizonte nesta quinta-feira (5).Segundo a Polícia Civil, a operação terá continuidade nos próximos dias. O objetivo era cumprir 23 mandatos de prisão e 16 de busca e apreensão de casos relacionados à violência contra a mulher. 

Neste primeiro dia, foram cumpridos 19 mandados de prisão que resultaram na prisão de seis suspeitos de infringirem a Lei Maria da Penha, pelos crimes de lesão corporal e ameaça. Outros 12 mandados de apreensão foram cumpridos, buscando, principalmente, localizar armas de fogo nas casas dos envolvidos.

Toda a divisão especializada foi mobilizada na operação, que recebeu o nome de uma deusa grega ligada à fertilidade, à maternidade e ao matrimônio. A operação foi comandada pela chefe da Divisão Especializada de Atendimento da Mulher do Idoso e do Portador de Deficiência, delegada Silvana Fiorilo, com participação da subinspetora Sandra de Souza, das delegadas adjuntas e investigadores da divisão.

Ao longo do mês de março, as titulares das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs), vão ministrar palestras em instituições públicas, como a Universidade Federal de Ouro Preto e a Fundação Hemominas, tendo como tema o combate à violência contra a mulher.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão continuam a ser cumpridos nesta sexta-feira (6). O Fórum e as varas criminais estão trabalhando em regime de plantão e a previsão é que mais mandados sejam cumpridos durante todo o mês de março.

Informações da Polícia Civil 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave