Chuva também prejudicou passageiros em estações do Move

Estação São Gabriel teve plataformas alagadas e trânsito acabou gerando superlotação; na Vilarinho, árvore caída desviou o trânsito por dentro da estação

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Passageiros encontraram algumas plataformas levemente alagadas
LUCAS FRANCO - WEB REPÓRTER
Passageiros encontraram algumas plataformas levemente alagadas

A forte chuva que atingiu Belo Horizonte nesta quinta-feira (5), além de provocar alagamentos pela cidade, gerou problemas para passageiros de duas estações do Move, que acabaram sofrendo com a superlotação.

Na Estação São Gabriel, na região Noroeste, diversas plataformas foram alagadas, conforme conta o universitário Lucas Franco, de 19 anos. "A chuva mesmo eu presenciei mais dentro de um Move, cortando a Cristiano Machado repleta de água. Mas quando cheguei na estação tinham plataformas completamente repletas de água, uma parede também caindo muita água, parecendo que rompeu algo", relatou.

O forte vento chegou a arrancar alguns lustres e deixar outros pendurados. "Tinham funcionários tentando tirar a água  das plataformas, mas a estação ficou muito cheia. Como o trânsito ficou ruim nas avenidas, as pessoas começaram a ficar presas na estação, que terminou superlotada", lembrou Franco. 

Já em Venda Nova, uma árvore caída na rua Malibu, próximo ao Shopping Estação BH, fez com que o trânsito de veículos no sentido Centro/Bairro da avenida Cristiano Machado fosse desviado para dentro da Estação Vilarinho. 

FOTO: CAMILA KIFER / WEB REPÓRTER Árvore caída fez o trânsito ser desviado por dentro da Estação

A BHTrans foi procurada e informou que o alagamento ocorreu somente na avenida, mas que, como a Estação São Gabriel não é completamente fechada e a chuva foi acompanhada de ventos fortes, parte da estrutura acabou molhada. A superlotação foi justificada pelos alagamentos, que fazem com que os coletivos demorem mais para chegar ao local. A empresa ainda precisa que uma placa de sinalização caiu em frente à Estação e também prejudica o trânsito. 

Já na Vilarinho, a empresa de trânsito e transportes afirma que uma equipe já está lá orientando os motoristas. Além disso, um reboque está a caminho para remover a árvore caída e restabelecer o tráfego. 

Leia tudo sobre: ALAGAMENTOCHUVAESTAÇÃOSÃO GABRIELVILARINHO