Dilma Rousseff não está presente na lista enviada por Rodrigo Janot

Segundo o portal "Valor Econômico", a ausência do nome de Dilma não evita com que ela seja investigada pela procuradoria no futuro

iG Minas Gerais | da redação |

Em comício, Dilma ironiza quem 'muda de lado' e 'não aguenta Twitter'
Antonio Cruz/ABr
Em comício, Dilma ironiza quem 'muda de lado' e 'não aguenta Twitter'

A lista enviada, nesta terça-feira (3) pelo Procurador Geral da República Rodrigo Janot, com o nome dos políticos envolvidos nas investigações da Operação Lava-Jato, não contem o nome da presidente Dilma Rousseff. A presidente também não tem o nome presente nos pedidos de arquivamento feitos por Janot.

Segundo o portal "Valor Econômico", a ausência do nome de Dilma não evita com que ela seja investigada pela procuradoria no futuro. Tudo vai depender do seguimento das investigações a cerca da Lava-Jato, caso se descubra qualquer informação que mostre que a presidente sabia do que se passava, no período em que estava à frente da Petrobrás entre 2003 e março de 2010, ela seria processada, pelo senado, por crime de responsabilidade. Os nomes presentes na lista devem ser conhecidos quando Zavascki assinar os despachos das 54 pessoas investigadas e dos sete pedidos de arquivamento.

Leia tudo sobre: lava jatolavajatoDilma RousseffRodrigo Janot