Praia e Minas protagonizam nova briga pelo G-4

Pela 11ª rodada da Superliga, o time de Uberlândia encara o líder Rexona-Ades-RJ, enquanto as minastenistas enfrentam o São Bernardo-SP

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Vitória fez Minas subir uma posição na tabela
ALEXANDRE ARRUDA
Vitória fez Minas subir uma posição na tabela

A briga mineira pelo G-4 da Superliga feminina ganha um novo capítulo nesta sexta-feira. Em quarto lugar, com 45 pontos, o Dentil-Praia Clube encara o líder invicto do campeonato, o Rexona-Ades-RJ, às 19h, no ginásio da Tijuca. Já o Camponesa-Minas, quinto colocado, com 43, recebe o São Bernardo Vôlei-SP, às 19h30, na Arena Minas.

Para se manter no G-4 ao fim da 11ª rodada, o Praia precisa de, no mínimo, levar a partida para o tie-break, mesmo que seja derrotado pela equipe do Rio de Janeiro.

“Nosso time joga sorrindo. Com certeza, essa alegria que temos deixa tudo muito mais fácil. Não tem jogo fácil agora. Temos que encarar e vencer quem vier pela frente”, sintetizou a ponteira Tandara, uma das destaques do time de Uberlândia nesta Superliga feminina.

A cubana Daymi Ramirez sabe das dificuldades que o Praia terá nesta sexta, mas demonstra otimismo a fim de obter um bom resultado. “Cumprimos nosso objetivo, de ganhar os três pontos (contra o Sesi-SP, na terça passada), jogando animadas e concentradas. É assim que vamos encarar o Rexona”, disse.

Para terminar a rodada na quarta colocação, o Camponesa-Minas precisa superar o São Bernardo por 3 sets a 0 ou 3 a 1, e contar com uma derrota do Praia por um destes dois placares.

Se Minas e Praia encerrarem a jornada com 46 pontos, o clube de Uberlândia segue em quarto lugar, pois teria melhor set average - o número de vitórias seria o mesmo.

Leia tudo sobre: Praia ClubeCamponesa-MinasTandaraDaymi Ramirez