Bruno Soares critica ATP sobre 'descaso' com partidas de duplas

Para o mineiro, há um descaso quando o assunto é transmitir na TV campeonatos de duplas

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Soares e Peya foram derrotados com parciais de 6/2, 5/7 e 10/7 no super tie-break.
VIPCOMM/DIVULGAÇÃO
Soares e Peya foram derrotados com parciais de 6/2, 5/7 e 10/7 no super tie-break.

 Número 12 do ranking mundial de duplas, o mineiro Bruno Soares disparou contra a ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) durante a coletiva oficial do confronto entre Brasil e Argentina, pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis, que começa nesta sexta (6).

Para ele, há um descaso quando o assunto é veicular campeonatos de duplas.

Soares, 33, criticou a falta de transmissão de tais partidas na televisão. Ele citou a empresa ATP Media, responsável pela comercialização dos direitos de televisão e terceirizada da associação, como "culpada".

"É um tema um pouco complicado. Ela [ATP Media] vende direitos de televisão, e na minha opinião, vem levando muito mal a coisa, e não só no caso das duplas", disse o tenista, duas vezes campeão do Aberto dos EUA nas duplas mistas.

"Se há um Masters 1.000, só passam jogos da quadra central. É um problema que tem de ser mudado. É preciso mostrar mais jogos, mais jogadores."

Segundo Soares, que é integrante da comissão de jogadores da ATP, a companhia muitas vezes não tem interesse de negociar a transmissão de jogos de duplas.

"Os canais esportivos no Brasil às vezes querem passar as partidas, mas essa empresa não tem interesse em vender os direitos. Simplesmente não põem as câmeras para transmitir. Tem que melhorar, mudar, porque não é o certo."

Soares formará com Marcelo Melo a dupla brasileira no confronto pela Copa Davis. Eles atuarão no sábado, às 13h.

Leia tudo sobre: bruno soaresteniscopa davisatpduplas