Nova Lima confirmada como sede do Mundial pela sétima vez seguida

Riders de dentro e fora do Brasil já estão confirmados e prometem impressionar até quem já está acostumado com as manobras; premiação será a maior da história do esporte

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

ESPORTES - Segunda estapa do Campeonato Mundial de Wake board, realizada na Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima, na regiao metropolitana de Belo Horizonte. Foto: Pedro Silveira / O Tempo. 15.05.2010
Pedro Silveira / O Tempo
ESPORTES - Segunda estapa do Campeonato Mundial de Wake board, realizada na Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima, na regiao metropolitana de Belo Horizonte. Foto: Pedro Silveira / O Tempo. 15.05.2010

O status de Belo Horizonte ser uma referência no wakeboard nacional parece que não será desfeito tão cedo. A capital mineira, que se acostumou a receber a etapa brasileira do Mundial da modalidade, será sede do maior evento mundial deste esporte pela sétima vez seguida.

Entre os dias 15 e 17 de maio, os melhores riders do mundo estarão voando na Lagoa dos Ingleses, impressionando até mesmo que já está familiarizado com as manobras radicais em cima da prancha.

Phil Soven, JD Webb, Jeff House, Austin Hair, Dean Smith e Danny Thollander são alguns dos gringos já confirmados. Defendendo as cores verde-amarela, parte dos representantes serão Marcelo Giardi “Marreco”, Luciano Rondi “Deco”, representante brasileiro nos jogos Pan-Americanos do Canadá, além de Victor Cordeiro, atual campeão brasileiro.

“Assim como já acontece no surfe, agora o wakeboard terá apenas um campeão mundial profissional, o que torna o evento muito mais relevante para os competidores, mídia, patrocinadores e público. Os atletas que almejam um bom lugar no ranking não poderão se dar ao luxo de perder nenhuma das etapas do circuito”, mostra o organizador da etapa brasileira Bruno Dib.

O Wakeboard World Series (WBWS) vai oferecer a maior premiação da história do esporte nos últimos 26 anos, com um total de US$425.000, divididos ao longo das nove etapas. Além do Brasil, o EUA vai receber quatro etapas, assim como México e Canadá.

“A World Wakeboard Association (WWA) está dando o próximo passo na promoção e crescimento do esporte”, afirma o presidente Shannon Starling.

“Sempre fomos líderes em eventos globais, buscando avançar com o esporte cada vez mais e estamos empenhados em estabelecer um novo padrão no wakeboard. Este aumento é apenas um dos muitos caminhos que a WWA intensificou para legitimar ainda mais o circuito global, juntamente com um maior enfoque na captação de mídia, patrocinadores e consumidores", detalha. Confira vídeo de apresentação da etapa