Tite diz que Corinthians venceu San Lorenzo porque foi 'efetivo'

"No segundo tempo, a equipe cresceu mais", avaliou o treinador corintiano

iG Minas Gerais | Folhapress |

Tite fez um balanço positivo da atuação do Corinthians em Buenos Aires
CORINTHIANS/DIVULGAÇÃO
Tite fez um balanço positivo da atuação do Corinthians em Buenos Aires

Após a vitória por 1 a 0 sobre o San Lorenzo, na Argentina, na quarta-feira (4), pela segunda rodada da Libertadores, o técnico Tite afirmou que o time alvinegro venceu porque foi "efetivo".

"Conseguimos ser efetivos. No primeiro tempo, o San Lorenzo teve a bola, mas não ameaçou. No segundo, quando melhoramos, demos mais espaço. Mas fomos uma equipe efetiva", opinou, após o duelo no estádio Nuevo Gasometro.

O treinador assinalou que as alterações feitas no segundo tempo, sobretudo a entrada de Cristian no lugar de Renato Augusto, deram um bom ritmo ao time.

"No segundo tempo, a equipe cresceu mais. Com a entrada do Cristian e a liberação do Elias, a equipe cresceu mais", disse.

Tite voltou a elogiar o volante, que nesta quarta-feira (4) foi capitão da equipe. Elias tem quatro gols marcados e é o vice-artilheiro da Libertadores. Segundo o técnico, a estratégia de avançá-lo tem sido um trunfo corintiano.

"O técnico tem que potencializar o atleta. Daqui a pouco eles [rivais] vão manjá-lo e vai sobrar o Renato, é assim", afirmou.

EMERSON

Tite negou que Emerson Sheik tenha se atrasado no treino realizado no domingo passado. O atacante não viajou para a Argentina. Segundo o Corinthians, ele tinha uma lesão no joelho direito.

Segundo reportagem do Globoesporte.com, Emerson teria se atrasado para a atividade, o que causou saia-justa com a comissão técnica.

"Isso não aconteceu [atraso], e quero conversar com quem fez isso [noticiou] para esclarecer", disse.

Leia tudo sobre: titecorinthianslibertadoressan lorenzo