Casal tenta gerar uma criança há cinco anos

A primeira consulta foi em 21 de fevereiro, seguidas de outras três. O procedimento seria feito nesta quarta, antes de o casal descobrir a verdade

iG Minas Gerais | BÁRBARA FERREIRA / JOÃO PAULO COSTA / JOSÉ VÍTOR CAMILO |

O sargento Adriano Dias, lotado no 39º Batalhão da Polícia Militar, contou que ele e a mulher tentam gerar um filho há cinco anos. “Chegamos a procurar outra clínica de fertilização, mas cobravam de R$ 15 mil a R$ 20 mil. Começamos uma poupança e procurei outras clínicas mais baratas, quando este falso médico me procurou”.

O suspeito abordou o casal pela internet, dizendo que era médico do Hospital das Clínicas, onde há fila para fazer fertilização. “Ele disse que nos atenderia em clínica particular, cobrando mais barato, e quis receber à vista”, lembrou. A primeira consulta foi em 21 de fevereiro, seguidas de outras três. O procedimento seria feito nesta quarta, antes de o casal descobrir a verdade. “Minha mulher estava tomando medicamentos para ovular, receitados por ele, e ansiosa. Desconfiamos do jeito de falar dele, sem termos técnicos. Em busca no Google, achamos um processo contra ele”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave